Há tanta vida lá fora

Venho mais uma vez aqui expressar o meu amor pela vida. Meu Deus! Como é bom estar vivo. E, pra mim, estar vivo vai além de apenas existir. É maravilhoso poder sentir a brisa batendo no meu rosto e bagunçando o meu cabelo, sentir as ondas do mar lambendo minhas pernas e o sol queimando a minha pele, como se aquecesse não somente a carne, mas também minha alma.
Na correria do dia-a-dia fica cada vez mais difícil sentir tais estímulos que a vida pode nos proporcionar. O sentir se transformou numa habilidade especial para poucos. Sinto-me, às vezes, uma pessoa abençoada por ter esse “super poder”. A liberdade sempre me foi muito importante, e eu a posso sentir severamente sobre mim nesses últimos tempos, e fico feliz de estar assim e ver quantas pessoas ainda estão nesse mesmo barco.
Liberdade é um estado de espírito, é o momento certo da vida que se tem para olhar para os lados e refletir, sem barreiras e prisões que limitam o espaço mental, é o momento de realizações pessoas, de sentir a vida e o sangue pulsando nas veias.
Sentir-se livre, sentir a natureza, extravasar, gritar, apreciar aquela música que toca ao fundo, tomar aquela cervejinha, assistir a um espetacular pôr-do-sol é estar vivo. Um conselho que posso dar é: desligue esse computador agora e corre pra liberdade, afinal “há taaaaanta vida lá fora”…
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s