Melhor à Três

Às vezes considero ser tão previsível dizer “eu te amo” à alguém que acaba me soando apenas como uma frase qualquer, tipo, “quero coca-cola”. Mas, sinceramente, não vejo outra forma de expressar uma coisa tão grandiosa e complexa que sai de dentro de mim. Sim, eu gosto de falar de amor! Ao proferir está famosa expressão, sinto como se fizesse a melhor coisa do mundo. Sinto um grande prazer em exaltar este sentimento. Na mesma proporção que gosto de ouvir, claro.

Mas pensa, como essa frase ridícula, composta por três pequenas palavras, jamais fariam sentido se não estivessem reunidas em um único espaço: Porquê, EU e Você sem Amor, não tem a menor graça. Eu e o Amor, pode até ser legal, OK, mas de que adiantaria?! E Você com o Amor sem Mim? eu juro que não quero! Essa parada só funciona com Nós Três juntos, e mais ninguém.

Esta tríade, realmente junta o que de melhor pode existir. É o trio que dá certo. A tal formula perfeita para a felicidade eterna. No final das contas. parece uma grande bobagem, e talvez seja, mas tudo indica que essa velha parceria pode ser tão exata quanto dois e dois são cinco! E é exatamente por isso que eu não canso de dizer “EU TE AMO”!

Imagem

“Pra mim é tudo ou nunca mais”

O blog “Tudo ou Nunca Mais” surge de uma necessidade especial de transformar idéias bobas e pensamentos do cotidiano em palavras. Quero externar de forma livre e descontraída coisas que passam por minha cabeça maluca e sã. Despretenciosamente de sucesso, acredito que encontrei um jeito de falar sem ser ouvido, mas sim, lido! Por que não seguido e/ou julgado?! Um sucesso! rs

O título é altamente inspirado na canção “Exagerado”, do grande poeta Cazuza. Me define muito, não que ache positivio ser o tal exagerado, mas com certeza me leva a viver grandes emoções nesse mundo tão louco.

De certa forma, acredito que a vida deve ser vivida exagerada e intensamente. Viver de verdade. Eu busco isso, viver com toda a minha verdade, por mais que daqui a alguns meses ela se torne uma grande mentira. Gosto de correr riscos, sem medo de ser feliz. Gosto de coisas quentes, permanentes, vivas, por inteiro. Porque, até nas coisas mais banais, pra mim é TUDO OU NUNCA MAIS!

 

Let’s go!!!